Portal atualizado em: 30 de junho de 2022 às 7:35h

SECRETÁRIA DE CONDE É ELEITA ARTICULADORA DA 1ª REGIÃO DO COGEMAS

Início SECRETÁRIA DE CONDE É ELEITA ARTICULADORA DA 1ª REGIÃO DO COGEMAS

O Colegiado de Gestores Municipais de Assistência Social do Estado da Paraíba (COGEMAS-PB), órgão que garante voz aos municípios nas instâncias de articulação, pactuação e deliberação com governos estaduais e federal, realizou na manhã desta quarta-feira (09) a II Assembleia Ordinária. A principal pauta foi a eleição de articuladores para representar a instituição em suas regiões.

A secretária de Trabalho e Ação Social do município de Conde, Scheilla Barbosa, foi eleita para a função de articuladora da 1ª região. João Pessoa, Alhandra, Bayeux, Caaporã, Cabedelo, Cruz do Espirito Santo, Lucena, Mari, Pitimbú, Riachão do Poço, Santa Rita, Sapé e Sobrado são as cidades que junto com o Conde compõem a citada região. Segundo o IBGE, elas somam 1,3 milhões de habitantes. Sendo a área de maior densidade demográfica da Paraíba.


A escolha da secretária se deu por unanimidade dos presentes. “Saio honrada com a escolha dos meus colegas gestores da Assistência Social das demais cidades da Paraíba”, ressaltou Scheilla. “Ficamos com a responsabilidade de estreitar os laços entre as cidades englobadas pela 1ª região e o Cogemas, afim de fortalecer a luta da Assistência Social”, concluiu.

Cada Estado do Brasil estabeleceu um colegiado de gestores com o propósito de Participar da formulação das políticas de assistência social, com representação em instâncias de pactuação, e apoiar sua concretização nos planos, programas e projetos; Apoiar e discutir critérios de transferência de recursos financeiros e técnicos para Assistência Social; Garantir aos gestores municipais de assistência social participação nas decisões tomadas pelos órgãos federais, estaduais e municipais; Representar os municípios associados, defendendo os interesses municipais na área de assistência social; Propor a formulação de projetos e, subsidiar as instâncias legislativas que versem sobre a Política de Assistência Social; Promover encontros, seminários e eventos que possibilitem discussão e troca de informações e experiências.

Texto e imagem: Eudes Santiago/SECOMD

Compartilhar

Notícias Relacionadas