Portal atualizado em: 15 de agosto de 2022 às 13:02h

Fortalecimento da Agricultura Familiar: Programa Do Campo Para Mesa é lançado em Conde

Início Fortalecimento da Agricultura Familiar: Programa Do Campo Para Mesa é lançado em Conde

 

“Vai fortalecer a economia rural” disse o secretário de agropecuária e Pesca, Juscelino Correia, sobre o programa Do Campo para a Mesa. A comunidade do Assentamento Rick Charles recebeu a prefeita Karla Pimentel, secretários e coordenadores da gestão municipal, para o lançamento do “Programa do Campo para Mesa” na tarde desta quarta-feira (13).

A presença massiva de presidentes de associações, líderes e produtores rurais deixa clara a importância do Programa para a economia rural. “Eu fico feliz em ver que hoje ainda tem pessoas que se lembram do agricultor e das pessoas que precisam de comida na mesa”, comemorou Solon, produtor rural e presidente da Associação de Moradores do Assentamento Tambaba.

Josué, produtor rural da Barra de Gramame, expôs a alegria de contribuir com a alimentação de seus conterrâneos através da sua produção: “Vamos produzir no Conde para alimentar o povo do Conde”, destacou. Geilza, presidente da Associação dos Moradores de Mituaçú, disse que com o programa “os agricultores vão deixar de sofrer tanto no momento da venda.”

É o que também afirma o secretário da SAP: “A maior dificuldade que os agricultores têm é exatamente a comercialização. Hoje ele não pode estabelecer o preço da sua mercadoria. O valor é imposto pelo comprador”, explicou. “Uma política de aquisição como esta, que trabalha preços justos, vai fortalecer a economia rural”.

“É um marco histórico”, reiterou a prefeita Karla Pimentel. “Esse sonho foi construído nas vivências e conversas com os agricultores que sempre enfrentaram dificuldades, ainda mais agravadas ao longo da pandemia.”, completou.

O alimento vai beneficiar as mais de 8 mil famílias cadastradas no CadÚnico, “grande parte delas em situação de extrema pobreza ou vulnerabilidade social”, segundo a secretária de Trabalho e Ação Social, Scheilla Barbosa. “Com o Programa do Campo para a Mesa, teremos condições de estabelecer um cronograma baseado na quantidade, público beneficiado e periodicidade”, finalizou

“É o programa social mais importante que existe hoje de políticas públicas para a agricultura familiar. A Gestão Municipal está de parabéns por ter tido a coragem de nos trazer este benefício”, acrescentou Juscelino

Além da prefeita, secretários e gestores de pastas, a solenidade ainda foi prestigiada pelos vereadores Daniel Júnior, Josélio Dionísio, Josemar Antunes, Batista e Flávio Melo.

DO CAMPO PARA A MESA
Tem o objetivo de fortalecer a agricultura familiar, diversificando o cultivo de alimentos e a compra destes produtos para as Escolas da Rede Municipal. Teve a Lei sancionada em 30 de maio, instituindo o Programa Alimenta Brasil (PAB), no município de Conde, com a denominação de “Programa do Campo para a Mesa”.

O programa é direcionado a aquisição de alimentos hortifrutigranjeiros, entre outros produtos que constem na lista da Companhia Nacional de Abastecimento – CONAB, para o Programa Alimenta Brasil Federal e que sejam produzidos por agricultores, associações e cooperativas com sede no município de Conde e que estejam regularizadas no Pronaf e na Secretaria de Agropecuária e Pesca de Conde (SAP).

Os alimentos adquiridos no âmbito do Programa do Campo para Mesa serão destinados para o consumo de pessoas ou famílias em situação de insegurança alimentar e nutricional, o abastecimento da rede socioassistencial que manipulem ou forneçam alimentos, de equipamentos de alimentação e nutrição, da rede pública e filantrópica de assistência social, entre outras necessidades definidas em conjunto pelo Grupo Gestor.

A aquisição de produtos poderá ser feita até o limite da disponibilidade orçamentária e financeira do Município, observando-se, também, o limite do valor de compra por agricultor e as espécies de produtos a serem adquiridos. Para poder trazer mais transparência e fortalecer o diálogo direto com os produtores, a Prefeitura vai criar um Grupo Gestor, vinculado à Secretaria Municipal de Trabalho e Ação Social, com o objetivo de orientar e acompanhar a implementação do Programa no município.

 

 

Por Eudes Santiago/Hallysson Patricio

Fotos: Gilberto Júnior
Secomd

Compartilhar

Notícias Relacionadas