Portal atualizado em: 26 de novembro de 2022 às 8:37h

PREFEITURA DE CONDE DISTRIBUI AVES NATALINAS ÀS FAMÍLIAS EM SITUAÇÃO DE VULNERABILIDADE SOCIAL

Início PREFEITURA DE CONDE DISTRIBUI AVES NATALINAS ÀS FAMÍLIAS EM SITUAÇÃO DE VULNERABILIDADE SOCIAL

A Prefeitura Municipal de Conde, através da Secretaria de Trabalho e Ação Social (Setras), iniciou a distribuição de aves natalinas às famílias em situação de vulnerabilidade social e insegurança alimentar beneficiárias do programa Auxílio Brasil (Bolsa Família) na manhã desta segunda-feira (20).

 

As primeiras comunidades beneficiadas foram Pousada do Conde, Terras Belas, Caxitu, São José, Águas Turvas, Mituaçu, Rick Charles, Salsa, Paripe, Mata da Chica, Paripe, Capim Açú e Frei Anastácio. As demais comunidades receberão o benefício nesta terça-feira (21) e os beneficiários da região central da cidade devem comparecer ao ginásio poliesportivo do Centro entre as 08h00 e as 11h00 desta quarta-feira (22) para também receber a ave do natal.

 

“É uma ação inédita no Conde”, pontuou a prefeita Karla Pimentel. ”Essas famílias já vêm sofrendo em razão da pandemia da Covid-19 e a administração municipal tem se preocupado com a segurança alimentar delas. As ações têm sido constantes: distribuição de cestas básicas; de alimentos da agricultura familiar; do peixe na semana santa; do milho no São João; e agora, da ave natalina”, destacou.

 

Segundo a secretária da Setras, Scheilla Barbosa, serão distribuídas 16,4 toneladas de aves às 4.760 famílias beneficiadas pelo programa Auxílio Brasil, do Governo Federal. A ave está sendo entregue exclusivamente ao titular do benefício, que apresenta o cartão Auxílio Brasil (Bolsa Família) e documento oficial com foto.

 

Morador da Pousada do Conde, o vereador Josemar Antunes manifestou sua gratidão à prefeita Karla pelo “trabalho que está sendo desenvolvido na comunidade e por mais esta ação em prol dos mais necessitados”.

 

Outros moradores também expuseram a satisfação de serem beneficiados pela ação. A dona de casa Mônica Laurindo (44) disse que a ave “veio numa hora boa”. Antônia Marcolino (35) disse que não presenciou ação equivalente desde que mora na região: “Ninguém nunca fez isso”, ressaltou. “É bem vindo na nossa mesa”, completou.

 

Atenta às medidas sanitárias de combate a Covid-19, a Prefeitura de Conde lembra que o uso de máscara é obrigatório e deve-se respeitar o distanciamento social nos locais de distribuição.

 

Texto: Eudes Santiago/SECOMD

Compartilhar

Notícias Relacionadas